Connect with us

Hi, what are you looking for?

Weastar

ECONOMIA

Hotelaria do Algarve com o pior março dos últimos 25 anos

A taxa de ocupação global média por quarto na região algarvia registou uma quebra de 86% em relação ao mesmo período de 2020

A taxa de ocupação média nas unidades hoteleiras no Algarve em março foi de 4%, pelo que este foi o pior março dos últimos 25 anos, na análise da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), a que a Record TV Europa deu hoje relevância no seu bloco noticioso.

De acordo com os dados provisórios avançados pela maior associação empresarial do setor, a taxa de ocupação global média por quarto na região do Algarve registou uma quebra de 86% em relação ao mesmo período de 2020 e de 92,2% em comparação com 2019.

Para a AHETA, o mês de março de 2021 foi o pior em nível de ocupação de quartos desde 1996, ano do início dos registos e da fundação da associação que integra a maioria dos hotéis e empreendimentos turísticos da região.

Segundo a análise da AHETA divulgada pela Record TV, o volume de vendas registou uma descida de 91,6% em relação a 2020 e de 94,8% relativamente ao mesmo mês de 2019.

No resumo da evolução mensal, a associação precisa que o mercado externo desceu 94,4% e o nacional acompanhou a tendência com uma redução de 21,6% nas unidades de alojamento do Algarve.

“Em valores acumulados dos últimos 12 meses a ocupação/cama regista uma descida média de 68,3% e o volume de vendas uma descida de 64,9%”, conclui a associação com sede em Albufeira, que recentemente sobre os apoios anunciados pelo governo, considerou que as medidas de apoio à economia para minorar os efeitos da pandemia “sabem a pouco”, deixando as empresas do setor “sem perspetivas de futuro”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

May Also Like

Copyright © 2020-2030 Weastar.com. powered by WeaStar.